domingo, 2 de setembro de 2012

Sonhos


Doce como mel,
Seu beijo me levou ao céu!
Mas os sonhos são tão somente
Para quem pode sonhar,
Não são para mim.
Não quero parar de sonhar,
Porém não tem jeito não,
As coisas são como são.
E  os sonhos são só 
pra quem pode sonhar,
pra mim não...
O toque de sua pele foi tão bom,
Cheguei a pensar que fosse real.
Mas não, os sonhos  são sempre fatais,
do homem, que é pobre mortal.
Não quero acordar,
preciso tanto continuar a sonhar...
Minhas noites são tão sem luar,
e teu corpo me fez suspirar.
Mas a saudade é tão intensa,
e o medo tomou conta de mim,
não me acorde,
por favor...
Quero continuar a sonhar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Será um grande prazer saber sua opinião, ler seus comentários. Sinta-se em casa, arraste a cadeira e tome um café com poesia, que tal?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics