segunda-feira, 23 de maio de 2011

Iniciais


Assim começa seu nome lindo!
                        Dói a distancia que separa.
                        Imaginação nem sempre clara,
                        Luz que me ilumina a alma!
                        Som das águas em cachos,que  me acalma,
                        Orla, que margeia a incerteza!
                        Navio que naufragou, pelo ,poder da natureza
                        Dádiva que não posso ter!
                        Amor que não posso ser!
                        Riso que se conteve,
                        Da dor que se manteve!
                        Elo que se perdeu no tempo,
                        Nuvem que se foi com o soprar do vento!
                        Gotas que me inundarão,
                        Ondas que me afogaram!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Será um grande prazer saber sua opinião, ler seus comentários. Sinta-se em casa, arraste a cadeira e tome um café com poesia, que tal?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics