sábado, 5 de fevereiro de 2011

Amor fatal - Poesias

Lute, corra atrás da tua felicidade.
Mais não esqueça:
ela pode não estar
Onde você anda a procurar.
E... Talvez...
Seja só uma dor de saudade,
Essa felicidade que tanto procuras.
E que em ti provoca loucuras!
... Alguém sonhou ser feliz.
Trazia no peito um grande amor.
Mas a paixão tirou seu matiz.
No casamento dele: só marca de dor.
Ela, tão magra, morria.
E a lágrima em seu rosto, sorria!
 Seu verde olhar, tornou-se, eclipsado.
... E, se escureceram desamparados.
Tudo acabado:
No tempo estagnado.
Sonho encerado:
No lugar e tempo determinado.
E na Igreja, duas moças diferentes:
Uma vestida de branco, sorridente!
A outra, vestida de preto, corre...
Carregada pela dor latente.
O anjo de negro morria...
E a noiva linda sorria!
O anjo de preto fugia...
E do amor abdicaria.
Apenas guardaria as marcas do terror.
E no peito as chagas daquele dia de horror.
Mas aquele "louco" amor pra sempre ela vai levar,
Tentando se enganar,
 E... acreditar...
Que poderia sem ele ainda sonhar.
Sonho ou realidade, aquele dia foi crucial.
Pois aquele grande amor foi pra ela fatal.
Tornando-o amor imortal!







Um comentário:

  1. Li vários posts seu. Adorei essas poesias. falam de coisas lindas. Sou suspeita em falar pq gosto demais de poesias. Mas vc tem muito talento.Cheguei aleatoriamente ao seu Blog. Amei. parabéns! bjos Luzia

    ResponderExcluir

Será um grande prazer saber sua opinião, ler seus comentários. Sinta-se em casa, arraste a cadeira e tome um café com poesia, que tal?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics