quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Até Que Tudo Possa Terminar - Poesias

Pelas estradas, vou caminhar,
               Mas em lugar algum chegar.
               Esse caminho que é tão tortuoso,
               Tão poeirento e enganoso!

               Morro a cada dia um pouco,
               E às vezes, acho que estou louco.
               Por amar assim, sem medida,
               Mais ele é tudo em minha vida!

               E a cada curva da estrada,
               Pela imensidão sou enganada.
               Trazendo no peito uma ferida,
               Por onde escoa toda minha vida!

               Mais não posso parar,
               Tenho que ver onde vai dar.
               Essa estrada esburacada,
               Que me faz ficar calada!

               E o final dela,  tenho que ver.
               E nem sei se... vou sobreviver.
               Mais não posso mais parar,
               Até que tudo venha terminar!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Será um grande prazer saber sua opinião, ler seus comentários. Sinta-se em casa, arraste a cadeira e tome um café com poesia, que tal?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics