quinta-feira, 18 de novembro de 2010

NuVeNsss - Série Manu

Quando eu era bem pequenina, muitas vezes ficava com minha irmã ou algumas amigas a olhar as nuvens. Ficávamos horas olhando-as. E, imaginávamos mil formas para elas:
- Um cavalo alado! - gritava uma.
- Um carneirinho maciiiiiinho. - dizia a outra animada.
- Ah não, parece um avião!
- Qual nada é uma Fada!
- Pois a minha é uma grande árvore!
- É ruin hein... essas nuvens são anjinhos! - Dizia eu... - E uma delas é o Betinho!
Eu gostava muito de imaginar  que meu irmãozinho que morrerá com apenas 1 ano e 2 meses, estava lá em cima das nuvens brincando com elas. Isso me acalmava o coração. Achava que assim poderia estar mais próxima dele. Pura ingenuidade de criança.
Eu ficará muito traumatizada com o enterro de meu irmãozinho. E, até hoje ainda guardo isso, e confeso: tenho pavor de ser enterrada viva. Vê se pode?
Eu tinha apenas 3 anos  quando colocaram meu irmãozinho naquele buraco e me pediram para jogar um punhadinho de terra...  E eu joguei, junto com uma florzinha... E aquilo me doeu tanto. 
Porém, o pior era que eu não sabia exatamente o que significava a "morte". E imaginei que meu pai fosse lá depois pegar meu irmãozinho, tirá-lo de lá... eu pensava: "Como ele poderia ficar naquele buraco horrivel? E ainda sozinho. Como faria para sair lá de baixo daquele montão de terra? E como ele respiraria?"... Isso me deixou muito, muito aterrorizada.
Tempos mais tarde, até brincamos de fazer enterro das nossas bonecas... mas isso é história para outro post...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Será um grande prazer saber sua opinião, ler seus comentários. Sinta-se em casa, arraste a cadeira e tome um café com poesia, que tal?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics