segunda-feira, 19 de abril de 2010

O Que é o Amor?- Poesias

O Que é o amor?
O amor, o que seria? Muitos e consagrados personagens da vida real, já tentaram decifrar e até entender e definir o amor. Mas como decifrar o amor se ele apresenta várias nuances? Ou seria nós seres que se dizem “humanos” que o deturpamos? Pois, caso contrário não se haveria tantas formas de se amar como dizemos. Uns dizem: “matei por amor”; já outros afirmam: “quem ama não mata”... não mata mais até que tem vontade rsrs
      Ah, o amor é mesmo inexplicável. Como entendê-lo? Como retê-lo? Do alto dos meus 4.3, confesso que ainda não o compreendi, mas ao passo que, sei muito bem o que não é o amor. E na minha humilde e simples forma de ver o mundo, em cima desses meus 23 graus de hipermetropia, ou seria... através? Rsrs. Então, continuando, penso que não é necessário saber amar, mas sim saber o que não é amar. E pelas atrocidades que venho vendo nesse mundo de meu Deus, eu juro, as pessoas se esquecerão do “AMOR”
     Muitos poderiam afirmar com a mais absoluta certeza que amor mais puro é o de mãe. Eu poderia afirmar isso também, porém vendo as bombásticas noticias que caem nos telejornais todos dias, tenho cá as minhas dúvidas. E eu que não gerei, mais sou mãe de um menino me ponho a pensar: que tipo de mãe joga álcool nos filhos e tem coragem de acende o palito de fósforos? Que tipo de mãe tem coragem de jogar filhos dentro de um rio? Que tipo de mãe tem coragem de ver seus filhos sofrerem abuso sexual e se calar?...
     Sem comentários, não é? Pois diante de tantas crueldades de pais e mães, penso que vai chegar o dia em que será “normal” a violências e violações de pessoas alheias a nossos familiares. O incomun será apenas familiares se devorando... Meu Deus!
     Catastrófica e absurda modernidade que já não sabe mais o significado de FALTA DE AMOR.
     Definir o amor até que é impossível, mais não saber definir o desamor é falta de caráter mesmo.
     Em minha opinião, pobre e infeliz aquele ser que já não sabe amar por só ter conhecido o DESAMOR. Triste e atordoados os que pretendem ser felizes e descobrir a fórmula mágica do “amor”.  Se mal conseguem decifrar e definir a FALTA DE AMOR.
    Não é preciso saber a definição do amor, hoje em dia, se faz necessário sim, é saber o que é falta dele. Feliz da mãe, pai, irmão, amigo, colega,  que cultiva as qualidades de quem ama... que perdoam, que auxiliam, que socorrem, que ouvem e formam pessoas melhores nesse mundo. Que já anda tão cansado de ver seus habitantes em “guerra” e uma guerra fria, cruel e sem volta...
PENSEM NISSO.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Será um grande prazer saber sua opinião, ler seus comentários. Sinta-se em casa, arraste a cadeira e tome um café com poesia, que tal?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics